Salto Grande apresenta proposta de solução do lixo à SMA

Prefeitura se comprometeu em realizar um estudo para viabilizar, no longo prazo, uma forma de destino regional para o lixo produzido.

O prefeito de Salto Grande, João Carlos Ribeiro, esteve nesta terça-feira na sede da Secretaria de Meio Ambiente, em São Paulo, e apresentou propostas para solução do lixo do município. A reunião foi coordenada pelo secretário-adjunto Antônio Velloso.

Ribeiro disse que a prefeitura deverá realizar um estudo para viabilizar, no longo prazo, uma forma de destino regional para o lixo. A prefeitura ainda vai elaborar um plano emergencial de curto prazo para solucionar o aterro existente na cidade.

O aterro da cidade obteve, em 2016, IGR (Índice de Gestão de Resíduos) 8,3, o que representa, segundo parâmetros da Cetesb, condições adequadas de operação. No total, o local recebe 5.85 toneladas de resíduos sólidos urbanos diariamente.

Geraldo do Amaral Filho, gerente da diretoria de controle e licenciamento ambiental da Cetesb, também participou da reunião, ao lado do vereador Professor Claiton e a diretora de obras e serviços da cidade, Ana Carolina Ribeiro.

Desde o inicio da gestão do secretário Ricardo Salles, a secretaria está empenhada em zerar a quantidade de aterros irregulares no Estado de São Paulo.

Batizado de “Lixão Zero”, o programa pretende resolver as pendências ainda existentes com relação ao destino inadequado dos resíduos sólidos. A ideia é que até o fim do ano São Paulo seja o primeiro Estado do país a acabar efetivamente com os lixões.