São Manuel sai na frente na criação de aterro regional de lixo

Participam do consórcio 12 municípios que produzem diariamente 200 toneladas de resíduos com alto potencial de geração de energia

O secretário do Meio Ambiente, Ricardo Salles, anunciou nesta quarta-feira, 12, o projeto para a criação de uma usina que transforma lixo em energia elétrica na cidade de São Manuel, no interior paulista, pelo Consórcio Intermunicipal dos Vales Tietê-Paraná (CITP).  O anúncio foi feito durante uma reunião com 40 representantes dos municípios da região.

Os participantes ouviram do secretário o passo a passo para a criação de consórcios intermunicipais para aterros sanitários coletivos, que é uma das prioridades da SMA para esse assunto e para o qual o Governo do Estado de São Paulo destinou uma verba de R$ 170 milhões.

Salles tem incentivado a reciclagem, sobretudo quanto ao uso das tecnologias disponíveis para o máximo aproveitamento dos resíduos. Este é o caso do CITP, do qual participam 12 municípios da região, que está dando andamento a um projeto piloto da criação de uma usina regional de resíduos sólidos com capacidade de transformar lixo urbano em energia elétrica.

Salles disse também que “com o exemplo do consórcio de São Manuel, estamos avançando no programa ‘Lixão Zero’ do Governo do Estado de São Paulo. Os 12 municípios que integram o consórcio produzem diariamente 200 toneladas de resíduos com alto potencial de geração de energia. Este é um compromisso de Ricardo Salaro, prefeito de São Manuel, e de todos os prefeitos da região para a solução adequada do problema do lixo produzido por seus municípios”.