A rodada de negócios é uma iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente que aproxima o produtor, o vendedor e o consumidor de produtos orgânicos com objetivo de fortalecer as redes e promover boas práticas ambientais no ciclo de produção.

Uma das linhas de ação do Projeto São Paulo Orgânico, da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais (CBRN/SMA), a Rodada de Negócios tem por objetivo fortalecer toda a rede de produção orgânica. O projeto concebido para ser instrumento de estímulo e fomento ao comércio de produtos orgânicos, aproximando produção e distribuição desses produtos, com ganhos na redução dos custos de intermediação e no aumento da oferta de orgânicos com qualidade e regularidade, colaborando para a estruturação desse mercado.

Participaram das reuniões de negociação, como compradores, as empresas Legurmê, Bolsa de Orgânicos, Juice Me, Fhom, Bio Bag, Komborgânica e o Restaurante Apfel Jardins. O evento atraiu vendedores até do estado de Santa Catarina, como o produtor de mel Teddy Ariel, de São Bento do Sul, e a produtora de sucos orgânicos Giovana Voight, de Blumenau.  Ambos participam pela segunda vez da rodada. Não é o caso de Vitor Chaves, que conheceu a rodada nesta edição. Ele conta que montou uma rede com os pequenos produtores da região de Joanópolis, na Serra da Mantiqueira. Saiu entusiasmado com as possibilidades de ampliar seu leque de distribuição.

Ao apoiar os produtores e incentivar o mercado de orgânicos, o Governo do Estado busca contribuir para a geração de emprego e renda, de forma mais sustentável, e atende à demanda crescente da sociedade por alimentos seguros, saudáveis e ambientalmente corretos.

Confira no vídeo produzido pela CBRN como foi a experiência, na VII Festival de Gastronomia Orgânica, que aconteceu no Parque da Água Brancas, nos dias 21, 22 e 23 de outubro:

(https://youtu.be/bEcL8kpzULU)