Litoral paulista terá um “Verão no Clima”

Projeto da Secretaria de Meio Ambiente desenvolverá ações nas praias e promoverá Educação Ambiental

Foto: Deyve Martins (CC BY-SA 4.0)

Na terça-feira (4), o secretário estadual do Meio Ambiente, Maurício Brusadin, assinou convênio com a empresa patrocinadora Agência Mercado Jovem, após a conclusão do chamamento público e publicado no dia 6/12 no Diário Oficial do Estado. A empresa desenvolverá a campanha Verão no Clima deste ano que, além de ter como foco a limpeza das praias, irá trazer também elementos de educação ambiental em relação às mudanças climáticas e seus impactos.

A iniciativa inspirou-se no conceito do projeto Operação Praia Limpa iniciado em 1987, pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e desenvolvido durante nove anos pela Secretaria de Meio Ambiente e, posteriormente, absorvido pelas prefeituras em ações locais para conscientizar os turistas e frequentadores das praias da necessidade de mantê-las limpas, evitando, assim, a propagação de doenças e a degradação do meio ambiente.

O projeto Verão no Clima propõe uma intensa ação de educação ambiental nas praias de 16 municípios do litoral paulista como complemento às ações já programadas pelas prefeituras.

O diferencial, desta vez, será a abordagem de temas relacionados às mudanças climáticas e o aquecimento global, com a participação de todos os órgãos que compõem o Sistema Ambiental Paulista, como a Cetesb, Fundação Florestal, Polícia Militar Ambiental e institutos de pesquisa, além das parcerias com prefeituras municipais, iniciativa privada e entidades não governamentais.

Como uma ação de governo, a estratégia é mobilizar a população, com ações presenciais nas praias e através das redes sociais, hotsites e meios de comunicação de massa, com ênfase para a responsabilidade de cada cidadão pela geração e descarte de lixo nas áreas de lazer e nas areias das praias, estimulando uma mudança de hábito e reforçando o conceito de sustentabilidade ambiental, além de dicas sobre saúde, cuidados com os pets, preservação de áreas verdes e alertas da Defesa Civil.

A campanha será lançada oficialmente em janeiro e se estenderá até o final do carnaval, com ações diretas nas praias, como mutirões de limpeza, atividades esportivas e culturais de conscientização, sempre de quinta-feira a domingo, em locais que serão informados previamente.

Para a coordenadora do projeto Verão no Clima, Maria de Lourdes Rocha Freire, “o importante é que nos últimos dez anos esta ação foi assimilada e adotada pelas prefeituras, que passaram a executar suas próprias campanhas locais, demonstrando que aquela semente que plantamos em 1987 germinou e deu frutos”.

Para o secretário Maurício Brusadin, a sociedade agora está mais sensível às questões ambientais e o momento é oportuno para inserir as mudanças climáticas como tema de educação ambiental.

“Este é um desafio mundial. O aquecimento global resultante das mudanças climáticas irá impactar a vida em todo o planeta e, à medida que conseguirmos conscientizar cada pessoa de sua responsabilidade nesta tarefa, daremos uma importante contribuição para mitigar esses impactos a partir de nosso estado” ressaltou.