Entre os dias 11 e 18 de dezembro monitores ambientais e técnicos da Fundação Florestal participaram do Curso de Capacitação de Ecobrinquedistas ministrado pelas Especialistas Ambientais Caroline Gruber e Danielle Julião e da Coordenadoria de Educação Ambiental – Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

O curso teve como objetivo sensibilizar e capacitar equipes destacadas dos Parques da Cantareira, Jaraguá e Juquery para implantação de Ecobrinquedotecas e utilização de jogos, brinquedos e brincadeiras como estratégia de educação ambiental e de disseminação da cultura de paz por meio da concepção lúdica da aprendizagem.

A capacitação contemplou de forma condensada aspectos teóricos e práticos para confecção e reprodução de EcoBrinquedos e Ecojogos a partir da reutilização de material descartável, ressaltou a importância da aprendizagem a partir do lúdico e das possibilidades de inserção desses materiais e de brincadeiras no roteiro pedagógico das UCs

Parte da turma realizou, adicionalmente, visita técnica à Ecobrinquedoteca do Parque localizada no Parque Estadual Monsenhor Salim em Campinas sob a responsabilidade das educadoras Tereza Miriam Nunes e Emile Miachon, referências na formação de ecobrinquedistas no país.

Com muita disposição, vontade de aprender e trocar experiências os monitores e facilitadoras trocaram fundamentos essenciais para o desenvolvimento humano, social e profissional, despertando um olhar diferenciado para a importância do brincar e de novas perspectivas para a prática de educação ambiental nas Unidades de Conservação. Ao final do curso, a Fundação Florestal recebeu da Coordenadoria de Educação Ambiental três caixas contendo diferentes ecojogos para iniciação das atividades nas unidades participantes.