As pessoas e o rio

As relações entre as pessoas e o rio se transformaram muito ao longo dos anos. As mudanças no perfil da cidade, com seu crescimento acelerado, influenciaram diretamente as atitudes da população e seu consequente impacto sobre o rio.

bosque-terrestre-foto-evandro-monteiro

Se inicialmente o rio Pinheiros foi alvo de orgulho, proporcionando o lazer e a força de suas águas, o mau uso o converteu em motivo de vergonha e embaraço: afinal, o lixo ali despejado é prova incontestável da ingrata resposta do homem ao generoso recurso natural.

Do orgulho à vergonha, a reconciliação entre “velhos amigos” – a população e o rio – aconteceu por intermédio do Pomar Urbano: o governo, a iniciativa privada e a população uniram forças e hoje constroem o futuro do rio.