São Paulo mostra suas iniciativas em seu primeiro dia na COP23

Apresentação no Espaço Brasil e Painel no Pavilhão da China foram os principais eventos do dia

Texto: Anna Karla Moura

A delegação paulista chegou nesta sexta, 10/11, a Bonn, Alemanha, para participar de uma série de eventos e reuniões no âmbito dos governos subnacionais na 23ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) – COP 23. A equipe é formada pelo secretário do Meio Ambiente, Maurício Brusadin, pelo presidente da Fundação Florestal, Gerd Sparovek, pelo assessor de Mudanças Climáticas da SMA, Oswaldo Lucon, e pela gerente da Divisão de Mudanças Climáticas da Cetesb, Jussara de Lima Carvalho.

Os principais eventos do dia foram a apresentação de São Paulo no Espaço Brasil, que é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, e a participação em um painel no Pavilhão da China, que tinha como tema Inovação em Tecnologias de Baixo Carbono.

São Paulo e Guangdong

A primeira apresentação do secretário foi no Pavilhão da China, onde São Paulo e a província de Guangdong compartilharam experiências visando a acordos de cooperação mútua.

São Paulo foi apresentada aos chineses como maior produtor de bioenergia da cana no Brasil, tanto em termos de bioetanol para veículos, quanto de bioeletricidade.

“Essa fonte renovável de energia pode ser significativa para ajudar o resto do mundo a enfrentar os desafios das mudanças climáticas. Também acreditamos na transição para veículos elétricos e outras tecnologias de baixo carbono que podem ter apoio de nossos parceiros chineses”, destacou Maurício Brusadin.

O secretário disse ainda que a infraestrutura chinesa interessa muito ao Estado de São Paulo, destacando também a importância de uma economia competitiva e de baixo carbono. Os chineses evidenciaram seu interesse na troca de conhecimentos e na realização de parcerias, inclusive em projetos pilotos para pequenas comunidades.

Espaço Brasil

A delegação de São Paulo fez uma apresentação no Espaço Brasil, evidenciando as principais políticas desenvolvidas no âmbito do Sistema Ambiental Paulista. Foram compartilhadas as iniciativas relacionadas aos objetivos da COP, frente ao desafio das mudanças climáticas.

O secretário destacou políticas paulistas como o Programa Nascentes, a Operação Corta-Fogo, o Zoneamento Ecológico-Econômico, o Programa Município VerdeAzul, o DataGeo, o Projeto Conexão Mata Atlântica, o ICMS Ecológico, a proposta de São Paulo para o PROCONVE, o sistema de Unidades de Conservação e Áreas Preservadas, a iniciativa Florestas Paulistas, os Protocolos de Transição Agroecológica e do Setor Sucro-energético, as ações de estímulo ao uso de biocombustíveis, os inventários de emissões, entre outras.

A apresentação foi transmitida ao vivo na página do Facebook do Sistema Ambiental Paulista e pode ser revista neste link.

 

Acompanhe as novidades sobre a COP23 no nosso portal e nas nossas redes sociais.

O vídeo da apresentação também pode ser visto em:

Matérias relacionadas