Vestindo azul para comemorar os 70 anos da ONU

Cetesb Onu InternaO prédio-sede da Secretaria do Meio Ambiente e da Cetesb e os Parques Villa-Lobos, da Água Branca e da Juventude, na Capital, ganharão uma iluminação azul a partir desta sexta-feira 23 até o dia seguinte, sábado, acompanhando homenagem programada em todo o mundo à Organização das Nações Unidas (ONU), que completa 70 anos de existência.

A homenagem intitulada “Iluminando o mundo com o azul da ONU”, conta com a participação de 65 países membros da entidade, que vão colorir mais de 250 monumentos como a Casa da Ópera de Sydney, na Austrália; as Pirâmides de Gizé, no Egito; o Empire State Building, em Nova York, nos Estados Unidos; o Museu Hermitage, na Rússia; a Cidade de Petra, na Jordânia; a Torre de Pisa, na Itália; o Castelo de Edimburgo e o Palácio Westminster, no Reino Unido; a Torre de Tóquio, no Japão e o Palácio de Alhambra, na Espanha, entre outros.

No Estado de São Paulo, o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado, e mais cerca de 20 prédios, como secretarias, museus e parques, serão iluminados com a cor oficial das Nações Unidas. A Secretaria do Meio Ambiente que, junto com a Cetesb, mantém há anos atividades em parceria com os órgãos da ONU, vai adotar a iluminação no Orquidário e Biblioteca, no Parque Villa-Lobos e , cuja entrada principal também ganhará a cor azul. A muralha da antiga Penitenciária do Carandiru, que faz parte hoje do Parque da Juventude, também fará parte da celebração, assim como o prédio da Administração do Parque da Água Branca.

Em outros Estados, poderemos apreciar o azul em monumentos como o Elevador Lacerda, Farol da Barra, Complexo Viário do Imbuí e Estádio da Fonte Nova, na Bahia, Cristo Redentor e Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, Palácio do Itamaraty, Catedral de Brasília e Templo da Boa Vontade, no Distrito Federal.

Em São Paulo, teremos a iluminação de alguns marcos da cidade como o Viaduto do Chá, Biblioteca Mário de Andrade, Ponte das Bandeiras, Estátua do Borba Gato e Monumento às Bandeiras.

Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU, enalteceu o entusiasmo dos Estados membros em marcar os 70 anos de atividades da entidade na defesa da paz, do desenvolvimento e dos direitos humanos. “Ao transformar o mundo em azul da ONU por um dia, podemos iluminar o caminho para um futuro melhor”, disse o dirigente.

O evento será coberto nas redes sociais a partir da hastag #UNBlue, além da hashtag de comemoração dos 70 anos – #UN70 e #ONU70 – e será compartilhado com seguidores da ONU no Facebook, Instagram, Twitter, Flicker e outras redes. Fotos e vídeos iluminados estarão disponíveis nas plataformas audiovisuais da ONU – Ficar e UNIFEED.